No começo deste projeto tive como objetivo e tema principal retratar a situação atual vivida no setor dos bares e discotecas devido à pandemia. Infelizmente para inúmeras pessoas, esta pandemia trouxe consigo graves dificuldades económicas. As portas dos estabelecimentos foram forçadas a fechar e com elas a principal fonte de rendimento de muitos foi eliminada. Decorrido todo este tempo, não restou a muitos outra solução que não fosse encerrar as casas, aguardando por dias melhores, ou desistindo de vez, deitando por terra projetos e sonhos de uma vida inteira que a pandemia destruiu, num sopro, sem aviso nem piedade. Porém após uma conversa com o professor Diogo Bento e o fotógrafo António Júlio Duarte cheguei à conclusão que não queria apenas demonstrar o antes e depois da vida noturna de Lisboa, mas sim documentar a transformação e alteração da cidade em si. Aproveitando fotografias de projetos anteriores, capturadas à cerca de um ano atrás, fotografei os mesmos espaços novamente, prestando especial atenção ao enquadramento e luz de maneira a demonstrar as alterações sofridas. As fotografias serão apresentadas em forma de díptico para possibilitar a comparação das mesmas lado a lado e com o objetivo de o espetador ir à procura das diferenças e uma terceira fotografia para uma melhor contextualização espacial.